Se você chegou até aqui, provavelmente já tem uma lista extensa de motivos para não ser mais um profissional empregado, mas sim, tornar-se um grande empreendedor.

As opções de empreendedorismo são inúmeras, o que você não sabe é que quando isso acontece no ramo de franquias, as chances de sucesso são ainda maiores. Mas, se você ainda não conhece o modelo de negócios e muito menos faz ideia de como ele pode ser a virada da sua vida, calma. Nós vamos te explicar. 

Abrir o negócio próprio do zero X Investir em uma franquia: o que fazer?

3 desvantagens de abrir o próprio negócio

1) Inúmeros riscos e nenhum suporte 

Antes de abrir o próprio negócio é necessário ter em mente que você estará inserindo uma marca completamente nova e desconhecida no mercado. Parece muito legal, certo?! A chance de “chegar chegando”.. Mas, na verdade, comumente é o contrário que acontece: sua marca tem grandes chances de ser rejeitada ou não ser assertiva. Juntamente a isso, abrir o próprio negócio pressupõe que você seja literalmente o centro de tudo. Você não receberá mentorias e não terá auxílio de ninguém que já tenha vivido aquele negócio.

Somado a isso, ainda encontram-se os riscos proporcionados por aspectos externos, como política, saúde e economia. E essa foi uma vivência vivida pelo mundo todo com o surgimento da COVID-19 e suas complicações. Empreendedores que optaram por abrir o próprio negócio, sentiram na pele o aumento nos casos de falência.

 

2) Maiores investimentos para o funcionamento do negócio

Você pode estar pensando que os riscos citados acima poderiam ser facilmente contornados por meio de consultorias e mão de obra especializada. E sim, essa informação está correta. Entretanto, tal esforço teria um alto custo, o que nos leva ao segundo problema da abertura do zero de um negócio próprio.

Abrir um negócio do zero pressupõe também a destinação de certa verba para divulgação. Nesse ponto, você também terá que estar disposto a investir, visto que é com o capital em marketing que sua empresa passa a ser mais notada e procurada. 

Além disso, possuir um alto valor em caixa para eventualidades faz-se muito necessário. Nomeada como “reserva de emergência”, essa quantidade de dinheiro possibilitará que sua empresa mantenha-se de pé por 6 meses caso a lucratividade não seja suficiente para o pagamento das contas. 

Ademais, todo e qualquer empreendedor deve ter em mente os riscos do negócio, bem como os riscos externos do mercado, por exemplo, a crise sanitária do COVID-19. Durante 2020, o SEBRAE realizou uma pesquisa com empreendedores de todo o país. O objetivo era entender as consequências, principalmente financeiras, geradas pela doença. Observe o resultado.

Como o seu negócio está sendo afetado, até este momento, pelo CORONAVÍRUS em termos de faturamento mensal?Fonte: SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

3)Prazo mais extenso para o break even e geração de lucro

Assim como em qualquer investimento da vida, sempre buscamos o retorno sob ele. No caso do investimento em um negócio próprio, essa espera pode ser resumida em alguns pontos, como, break even e lucro. 

O chamado break even resume-se basicamente no estágio em que a empresa ainda não lucra, mas consegue empatar as receitas com as despesas para zerar o orçamento do mês. O tempo até conseguir equiparar ganhos e gastos precisa ser estimado antes da inauguração. Mesmo assim, há casos em que o ponto de equilíbrio demora mais a chegar e o negócio acaba fechando as portas. Esse é mais um dos pontos que torna o investimento em um negócio do zero tão arriscado, o que consequentemente implica na busca por outros modelos de negócios, como, as franquias. 

O que é e como funciona uma franquia?

Em linhas gerais, o funcionamento de uma franquia acontece quando o detentor de uma marca (franqueador), concede o direito de uso da marca/produtos/serviços de maneira comercial para outra pessoa (física ou jurídica), é o que chamamos de franqueado(a). Para tal acordo, é estabelecido um contrato de franquia, o qual determina:

3 benefícios de investir em uma franquia 

Você já deve ter notado que é cada dia maior o número de investidores que buscam investir no modelo de franquias. Tal comportamento pode ser justificado por inúmeros fatores, dos quais, citaremos os três principais:

1) Menores riscos de mercado

Por se tratar de um negócio já validado e na maioria das vezes já consolidado no mercado, investir em uma franquia é investir em um conhecimento adquirido ao longo de anos a fio. Empreender com um modelo de negócio já testado no mercado significa já obter experiências de quem viveu o processo como um todo. Isso implica em um modelo com menos risco de rejeição e mais aceitação. Além disso, a franquia já conhece o perfil do seu cliente, de maneira a tornar mais fácil o processo de prospecção, venda e fidelização.

2)  Retorno mais rápido do investimento 

Se você está buscando investir em uma franquia, certamente já sabe que a diminuição de determinados riscos não significa permissão para que não haja esforço, dedicação e foco nos resultados. Em média, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), 61% das redes de franquias que atuam no Brasil estimam ter um prazo de retorno do investimento inicial entre 18 a 36 meses. 

Na rede de franquias Vox2you o break even médio é de 6 meses, enquanto que o payback é de 18 meses. Entretanto, existem muitos franqueados da rede que já iniciam as operações com o break even antes da inauguração da escola, visto que há a realização da comercialização dos produtos antes mesmo da inauguração da unidade.

Com relação ao faturamento, os franqueados da rede contam um valor médio de R$1 milhão ao ano e um lucro de R$$300.00,00 a R$488.00,00. Entretanto, esse faturamento pode ser muito maior, como foi o caso da franqueada Rafaela Justino, que faturou R$1,5 milhão em 2019, sendo destaque em portais como, SP AgoraFranquia e Companhia e Segs.

3) Suporte completo

É papel da franqueadora transmitir seu conhecimento aos franqueados, de maneira a fornecer ferramentas e apoio para o crescimento e sucesso do mesmo. Além do acompanhamento prévio para instalação e inauguração da unidade, ao abrir uma franquia, você e sua equipe receberão treinamentos voltados às diversas áreas do negócio.

É pensando nisso que o investimento em uma franquia Vox2you garante treinamentos/suporte para todas as áreas, por exemplo, comercial e pedagógico.

Por que investir em uma franquia do ramo educacional?

Uma das coisas que você deve observar antes de comprar uma franquia é o que o mercado explana sobre o segmento. No setor de franquias, o segmento de educação ficou em segundo lugar no ranking de crescimento do segundo trimestre de 2019, acumulando mais de 43 bilhões de reais de faturamento. Além disso: 

Milhares de investidores inteligentes ainda têm dúvidas sobre como diversificar seus investimentos de forma inteligente. Lembre-se sempre que, ambos empreendimentos possuem pontos negativos e positivos. Cabe a você avaliar qual dos dois modelos de negócios tem uma melhor adequação ao seu perfil.

Fazer parte da Vox2you é contar com o know-how e a parceria de uma empresa especializada em transformar vidas pelo poder da comunicação. É por isso que o modelo de negócios das franquias Vox2you é claro e objetivo, de maneira a buscar pela transformação positiva da vida do franqueado. Junte-se ao time de investidores inteligentes que escolheram a Vox2you e faça parte da primeira e maior rede de escolas de oratória da América Latina.

Deixe um comentário